ELIAS, GENTE COMO A GENTE - Parte 1

Você faz ideia de quem foi o profeta Elias e o que ele fez?
Publicado em 04/11/2020

"Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto" (Tiago 5:17,18)

Na Bíblia nós encontramos muitos exemplos de homens e mulheres de Deus.

Nessa passagem mesmo, Tiago fala sobre um deles que era o profeta Elias.

Você faz ideia de quem foi o profeta Elias e o que ele fez? 

Elias ressuscitou mortos, multiplicou comida, fez fogo cair do céu, nesse versículo mesmo diz que Elias orou para que não chovesse em Israel e não choveu (depois ele orou novamente para chover e choveu), a Bíblia diz que Elias apareceu para Jesus junto com Moisés no Monte da Transfiguração… 

Então, nós não temos dúvida nenhuma de que Elias era um grande homem de Deus.

Só que uma coisa que nós precisamos ter em mente é que apesar de tudo isso (apesar de todos esses feitos maravilhosos), Elias era gente como a gente.

Ele era um homem cheio de limitações, fraquezas, suscetível a problemas, crises e dificuldades assim como qualquer um de nós.

Inclusive Tiago fez questão de dizer que ele estava sujeito aos mesmos sentimentos que nós.

Que tipo de sentimentos você costuma ter ou você já teve? 

Você já ficou zangado com alguém? 

Você já sentiu preguiça de fazer alguma coisa

Você já se entristeceu alguma vez na vida? 

Você já teve vontade de jogar tudo para o alto e desistir? 

Pois é, bem vindo ao clube, tudo isso Elias também sentiu, porque ele era gente como a gente.

SÓ QUE MESMO ASSIM DEUS DECIDIU USÁ-LO DE MANEIRA PODEROSA. 
Agora, apesar de Elias ser gente como a gente, uma coisa que nós não podemos negar é que ele teve experiências marcantes com o Senhor.

E ISSO É ALGO QUE NÓS DEVEMOS BUSCAR TAMBÉM. 
Porque não adianta nada nós ouvirmos falar que Deus é bom e não experimentarmos dessa bondade.

Não adianta nada ouvirmos que Ele é um Deus de relacionamentos se nós não nos relacionamos com Ele.

Do que adianta sabermos que nós temos um Deus de paz, de alegria, de provisão e milagres e não experimentarmos dessa paz, alegria, provisão e desses milagres?

Nós devemos ter o conhecimento teórico sim, mas ele precisa vir junto com a experiência prática.

Vejamos algumas experiências que Elias teve e que nós também podemos ter:

"Então Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o SENHOR Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, senão segundo a minha palavra. Depois veio a ele a palavra do Senhor, dizendo: Retira-te daqui, e vai para o oriente, e esconde-te junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão" (I Reis 17:1-3)

Nesse capítulo 17 nós encontramos a primeira menção a respeito de Elias no livro de I Reis.

E, O ENGRAÇADO É QUE A BÍBLIA NÃO FAZ MUITA INTRODUÇÃO SOBRE ELE. 
Na verdade as únicas coisas que nós sabemos de Elias nesse texto é que ele era tesbita, ou seja, ele nasceu numa cidadezinha chamada Tisbé, e ele morava na terra de Gileade. 

Até aí tudo bem, mas no versículo 2 nós encontramos uma expressão bastante interessante que diz “Veio-lhe a Palavra do Senhor”.

SE VOCÊ CONTINUAR LENDO OS RELATOS SOBRE ELIAS VOCÊ VAI VER ESSA EXPRESSÃO SE REPETINDO VÁRIAS VEZES.
No versículo 8, por exemplo, mesmo nós lemos: “Então, lhe veio a Palavra do Senhor dizendo”. Depois no começo do capítulo 18 você também tem. 

E o que isso significa?
Significa que Elias era capaz de discernir as direções que Deus dava para a vida dele.
Significa que Elias era capaz de ouvir a voz do Senhor e mais até do que isso, ele era alguém que vivia de acordo com a vontade de Deus.
Deus mandava ele ir e ele ia. 
Deus mandava ele ficar e ele ficava.

Nessa passagem mesmo de I Reis 17, o Senhor deu algumas direções para Elias e ele obedeceu.
A primeira foi que ele deveria profetizar na vida do rei Acabe.
Deus disse para ele liberar a palavra de que não iria chover nos próximos anos (que cá entre nós não era uma palavra muito boa de se ouvir) e depois o Senhor mandou ele se retirar para a torrente de Querite e foi isso o que ele fez.
Todos nós gostamos de ouvir um profeta liberando palavras boas sobre nós, de que nós seremos abençoados, de que nós iremos avançar e crescer.

MAS AQUI A PALAVRA FOI RUIM E O REI NÃO GOSTOU NADA.
Por isso, Deus mandou Elias fugir e se esconder na torrente de Querite, fronteira com o Jordão.

E É JUSTAMENTE AQUI QUE NÓS VEMOS ELIAS TENDO UMA OUTRA EXPERIÊNCIA PODEROSA COM O SENHOR.

"E há de ser que beberás do ribeiro; e eu tenho ordenado aos corvos que ali te sustentem. Foi, pois, e fez conforme a palavra do Senhor; porque foi, e habitou junto ao ribeiro de Querite, que está diante do Jordão. E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã; como também pão e carne à noite; e bebia do ribeiro. E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou, porque não tinha havido chuva na terra" (I Reis 17:4-7)

Você consegue imaginar o que está acontecendo aqui?
O Senhor poderia muito bem ter mandado Elias para uma terra fértil, com muita água e comida, só que o Senhor mandou ele ir para uma torrente que ficava no meio do deserto.
Torrente é uma espécie de córrego pequeno que tem água apenas em algumas épocas do ano, quando chove.

E DEUS ENTÃO MANDOU ELIAS PARA LÁ.
Por que Deus fez isso com ele? Por que Deus mandaria alguém para um lugar onde não tem suprimento?
Porque Deus queria mostrar para Elias que Ele era a provisão, ou seja, Deus queria mostrar para Elias que não importa o lugar onde você está, se você está debaixo de uma palavra de Deus, Ele sempre vai te dar tudo o que você precisa.

E AQUI NÓS VEMOS ISSO ACONTECENDO DE UM JEITO BEM CURIOSO:
Elias bebia água dessa torrente e a comida (pão e carne) vinha através de corvos duas vezes por dia (pela manhã e ao anoitecer).

É ATÉ DIFÍCIL DE ACREDITAR MAS ERA VERDADE.
Elias então, experimentou da provisão sobrenatural de Deus e você também pode experimentar no nome de Jesus.

"Então veio a ele a palavra do Senhor, dizendo: Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente. Então ele se levantou, e foi a Sarepta; e, chegando à porta da cidade, eis que estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; e ele a chamou, e lhe disse: Traze-me, peço-te, num vaso um pouco de água que beba. E, indo ela a trazê-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me agora também um bocado de pão na tua mão. Porém ela disse: Vive o Senhor teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos" (I Reis 17:8-12)

Mais uma vez nós encontramos a expressão “Lhe veio a Palavra do Senhor” que está no verso 8.
E o que foi que Deus disse para Elias?
Para ele ir até uma cidade chamada Sarepta e procurar por uma viúva porque ela iria dar comida para ele.
Só que tinha um pequeno detalhe: a viúva não era rica, não tinha condições de alimentar o profeta, na verdade ela mal tinha condições de alimentar a sua própria família.
Inclusive, no versículo 12 a Bíblia diz que ela só tinha um pouco de farinha e azeite para fazer a última refeição antes dela e do filho morrerem.

E, AQUI NÓS VEMOS MAIS UMA APARENTE CONTRADIÇÃO DE DEUS
Como é que Deus manda Elias ir para um lugar desses?
Como é que Deus manda Elias ir comer o restinho da comida de uma viúva pobre?
Se você visse uma coisa dessas acontecendo hoje o que você iria pensar?
Lá vai aquele profeta aproveitador, não perdoa nem as pessoas pobres, não tem vergonha na cara mesmo. 

Muitos pensariam dessa forma.
Todavia, o plano de Deus aqui era outro.
Deus já havia trazido a provisão sobrenatural para Elias uma vez através dos corvos e aqui Deus quer fazer de novo.

SÓ QUE COM UM DETALHE A MAIS: ANTES ELIAS APENAS RECEBEU O MILAGRE. AGORA ELE SERIA PARTICIPANTE DO MILAGRE  

"E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua Palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e para teu filho. Porque assim diz o Senhor Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o Senhor dê chuva sobre a terra. E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias. Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou; conforme a palavra do Senhor, que ele falara pelo ministério de Elias" (I Reis 17:13-16).

Veja que Deus usou Elias para multiplicar a farinha e o azeite até que voltasse a chover.
Deus quer fazer milagres na sua vida? Sim ou não? Sim.

Todavia, mais do que fazer milagres NA sua vida a sua vida, Deus deseja fazer milagres ATRAVÉS da sua vida.
Essa é uma experiência que todos nós podemos ter. De orar em favor de alguém e ver o milagre acontecendo (João 14:12).

E depois destas coisas sucedeu que adoeceu o filho desta mulher, dona da casa; e a sua doença se agravou muito, até que nele nenhum fôlego ficou. Então ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? vieste tu a mim para trazeres à memória a minha iniqüidade, e matares a meu filho? E ele disse: Dá-me o teu filho. E ele o tomou do seu regaço, e o levou para cima, ao quarto, onde ele mesmo habitava, e o deitou em sua cama, E clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor meu Deus, também até a esta viúva, com quem me hospedo, afligiste, matando-lhe o filho? Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele. E o Senhor ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu. E Elias tomou o menino, e o trouxe do quarto à casa, e o deu à sua mãe; e disse Elias: Vês aí, teu filho vive. Então a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e que a palavra do Senhor na tua boca é verdade. (I Reis 17:17-24)

Vamos nos lembrar da sequência até agora:

a) Elias profetizou para o Rei Acabe e teve que fugir para a Torrente de Querite onde foi alimentado pelo corvo;

b) Depois ele se encontrou com uma viúva pobre e multiplicou a comida dela.

SÓ QUE AGORA, NÓS VEMOS QUE O FILHO DESSA VIÚVA ADOECEU E MORREU. 
E então no verso 18 ela faz uma pergunta que muitos de nós fazemos quando as coisas não estão dão certo “O que foi que eu fiz de errado Senhor?”. 

Muitos de nós temos a tendência de achar que quando as coisas não estão indo bem só pode ser porque nós fizemos algo de errado ou porque de alguma forma nós desagradamos a Deus. 

NÓS PENSAMOS ASSIM, MAS ISSO ESTÁ ERRADO. ISSO É HERANÇA DE UMA MENTALIDADE RELIGIOSA QUE NÓS TÍNHAMOS ANTES. 
Deus te abençoa não é porque você é bom é porque Ele é bom; a nossa bênção não depende do que nós fazemos ou deixamos de fazer, depende do que Cristo já fez por nós.

E então, a partir do verso 19, Elias pega o menino nos braços, ora a Deus, ele ressuscita e no verso 24, a mulher concluiu dizendo “Então, a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus e que a Palavra do SENHOR na tua boca é verdade”. 

Mas, espera aí, ela já tinha visto o milagre da multiplicação acontecendo antes, ela já tinha visto que Elias de fato era profeta de Deus, por que então ela diz “Conheço AGORA que tu és homem de Deus…”? 

A morte do filho dela foi algo tão trágico e difícil que ela se esqueceu do que Deus tinha feito antes.
E esse é um risco que nós também corremos: de nos esquecermos que nós servimos a um Deus de milagres. 

Por isso, nos momentos difíceis não se esqueça dos feitos de Deus, lembre-se deles e encha o seu coração de fé para crer que o Senhor agiu antes e vai agir de novo.

Uma outra coisa interessante que nós percebemos nessa última fala da viúva é que ela só teve certeza de que Elias era homem de Deus depois que ela viu os milagres acontecendo.
E se ela não tivesse visto nada acontecendo?
E se o filho dela tivesse continuado morto?
Elias não seria mais profeta?

Marcos 16:17-18 diz assim: “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que creem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.”

As pessoas verão o Senhor na sua vida não apenas porque você fala coisas a respeito de Deus.

As pessoas verão Deus na sua vida por conta das experiências que você tem com Ele. 

Por isso, eu quero declarar que por onde você andar esses sinais vão te acompanhar no nome de Jesus.

Onde você estiver milagres vão acontecer, pessoas serão curadas, a provisão vai aparecer.

PORQUE NÓS SOMOS UM POVO DE PALAVRA E TAMBÉM DE EXPERIÊNCIA!

Elias era gente como a gente. 

Ele não era um super homem como muitos por aí pensam. 

Ele era uma pessoa sujeita aos mesmos sentimentos que nós. 

As mesmas experiências que ele teve com Deus nós também podemos ter. 

Nós podemos experimentar de maneira prática de um Deus de amor, de um Deus de paz, alegria, provisão, curas e milagres, de um Deus que responde às nossas orações, de um Deus que traz direção quando nós não sabemos por onde ir. 

Quando nós lemos a respeito desses homens de Deus na Bíblia nós temos a tendência de colocá-los em um nível muito superior à nós, tão superior que nós achamos que só eles podem ter essas grandes experiências. 

Mas, independente das suas lutas pessoais e fraquezas interiores nós também podemos. 

Você já parou para avaliar as experiências que você tem tido com o Senhor? 

Você realmente tem visto na prática aquilo que você ouve semana após semana ou tudo só tem passado de conhecimento teórico? 

Você deseja ter mais experiências com Deus?

Um grande abraço, e até a próximo Culto de ENSINO AD Shalom, quando estarei ministrando sobre "ELIAS, GENTE COMO A GENTE - Parte 2"

“Que o SENHOR JESUS te ABENÇOE e te GUARDE, que o SENHOR JESUS faça RESPLANDECER o seu ROSTO em ti, e tenha MISERICÓRDIA de ti, que o SENHOR JESUS se LEVANTE ao teu FAVOR, e te dê a PAZ e a PROSPERIDADE” (Nm 6:24-26).

Seu irmão em Cristo, Pr. Francisco Miranda
- Esposo da Missionária Izabel Miranda(1998), pai de Lucas Estevão(2000), Mateus(2004) e Luiz Gabriel Miranda(2008).
- Fundador e professor mestre do IBI “Instituto Bíblico Internacional” e da Plataforma de Desenvolvimento Pessoal, Profissional e Ministerial, mais conhecida como Teologia24horas.
- Pastor vice presidente e Superintendente de Educação Cristã na AD Shalom "Assembleia de Deus Shalom" Ministério de Madureira, em Palmas/TO., tendo como Pastores Presidentes: Pr. Hermes Vieira Netto e Prª Ezir Batista Vieira, que tem sido instrumentos de Deus na formação do meu caráter pessoal, familiar e ministerial.
- Membro do Conselho de Educação Cristã da CONEMAD/TO "Convenção Estadual das Assembleias de Deus Ministério de Madureira no Estado do Tocantins", tendo como Pastor Presidente: Pr. Amarildo Martins da Silva.

Compartilhe em suas redes sociais

Endereço

ARSE 81 "804 Sul" Alameda 14 Lote 10 - Palmas - Tocantins - Brasil

Siga-nos

Código do aplicativo

IGREJA MATRIZ
Prover ® 2022. Todos os direitos reservados.