ELIAS, GENTE COMO A GENTE - Parte 3

Você faz ideia de quem foi o profeta Elias e o que ele fez?
Publicado em 17/11/2020

Esta é a última palavra da série de ministrações “Elias, gente como a gente”. E o que foi que nós aprendemos até agora?

Lá em I Reis 17 a história começa com Elias profetizando para o rei Acabe que não iria chover na terra e nem mesmo orvalho iria cair.

Por conta dessa profecia, Elias teve que se refugiar na torrente de Querite onde foi alimentado por corvos que traziam pão e carne duas vezes por dia.

Depois ele foi até uma viúva na cidade de Sarepta onde multiplicou a farinha e o azeite dela.

O CAPÍTULO 17 TERMINA COM ELIAS RESSUSCITANDO O FILHO DESSA VIÚVA 
No capítulo 18, Elias volta para o rei Acabe, profetiza que vai chover novamente (Isso depois de 3 anos e meio) e ainda por cima desafia os profetas de Baal. Ele fez uma fogueira e o deus que fizesse cair fogo do céu seria o deus verdadeiro.

Até aí tudo bem. A história de Elias poderia ter terminado por aqui, estava tudo perfeito, só coisas boas, milagres acontecendo por todos os lados, Elias mostrando a fé e a coragem dele.

Todavia, a história continua em I Reis 19:1-4a. Depois que Jezabel ficou sabendo de tudo o que tinha acontecido, de como os 450 profetas de Baal foram mortos, no versículo 2 ela manda uma mensagem para Elias dizendo que iria matá-lo.

E, ISSO NA VERDADE SÓ CONFIRMA O TANTO QUE ESSA MULHER TINHA UM CORAÇÃO DURO 
Porque nem mesmo os milagres que Elias tinha feito amoleceram o coração dela.
Enquanto o povo reconheceu o Deus de Israel, ela simplesmente decidiu matar Elias.
E qual foi a atitude de Elias diante dessa ameaça? Ele foi enfrentar Jezabel? De jeito nenhum.

A BÍBLIA MOSTRA QUE ELIAS FICOU COM TANTO MEDO QUE FUGIU PARA O DESERTO 
E é justamente aqui que nós conseguimos comprovar o que Tiago disse lá em Tiago 5:17 que Elias era gente como a gente, sujeito aos mesmos sentimentos.
Mesmo depois de tantos milagres que ele operou, mesmo depois de ter enfrentado 450 profetas de Baal, de ter feito fogo cair do céu e de ter ressuscitado uma pessoa, Elias sentiu medo de uma mulher. Tudo isso para mostrar que ele realmente era uma pessoa normal assim como você e eu.

Nesse texto nós ainda percebemos uma outra coisa interessante: lembra que nos capítulos anteriores, antes de Elias fazer qualquer coisa, a Bíblia diz que vinha a Palavra do Senhor a ele? Foi assim no capítulo 17 por duas vezes, foi assim no capítulo 18.

POIS É, AQUI NÃO VEIO A PALAVRA DO SENHOR.
Isso significa que até o capítulo 18 Elias estava sendo conduzido por Deus, só que agora ele tomou uma decisão por conta própria.
Ele ouviu que Jezabel queria matá-lo, e ao invés de buscar uma direção do Senhor, ele resolveu fugir para o deserto. Deus não tinha mandado ele pra lá.

Continuando a partir do verso 4 diz o seguinte: “Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais. Deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis que um anjo o tocou e lhe disse: Levanta-te e come. Olhou ele e viu, junto à cabeceira, um pão cozido sobre pedras em brasa e uma botija de água. Comeu, bebeu e tornou a dormir..”.

Olha só o que essa passagem diz para nós, que Elias foi para o deserto, sentou debaixo de uma árvore e pediu a Deus para morrer, ele não queria morrer nas mãos de Jezabel, mas ele queria que Deus desse um jeito de acabar com aquele sofrimento que ele estava passando.

Depois, a Bíblia diz que Elias se deitou e dormiu, a vontade dele era só de dormir para tentar esquecer um pouco dos problemas e aliviar a pressão).

E ISSO, SÓ MOSTRA O QUANTO QUE ELIAS ESTAVA ABALADO EMOCIONALMENTE, ELE ESTAVA ESGOTADO, DESANIMADO, SEM FORÇAS PARA VIVER.
Inclusive, por conta disso, alguns estudiosos afirmam que Elias estava com depressão. Daí surge a grande questão “Se Elias que era esse grande homem de Deus estava sujeito a essas pressões e tristezas e até mesmo depressão, quanto mais nós!”. 

Quatro fatores da depressão

  1. Elias sentiu-se fracassado “Basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais” (I Rs 19:4).
    Apesar da vitória contra os falsos profetas, apesar da exclamação do povo – “O Senhor é Deus! O Senhor é Deus” (I Rs 18:39) – Acabe e Jezabel continuaram como antes – não houve nenhuma mudança de coração. Elias sentiu um grande fracasso.
  2. Elias sentiu solidão “Eu fiquei só” (I Rs 19:10,14).
    Duas vezes ouvimos Elias expressando a sua solidão. Quantas vezes na obra do Senhor a gente se sente sozinho! Ninguém está nos apoiando.
    Paulo teve a mesma experiência no fim da sua vida. “Na minha primeira defesa, ninguém foi a meu favor; antes, todos me abandonaram” (II Tm 4.16).
    E essa foi a experiência do próprio Senhor Jesus no Jardim de Getsêmani, como Isaías profetizara. “O lagar, eu o pisei sozinho, e dos povos nenhum homem se achava comigo” (Is 63:3) – nem os próprios discípulos, Pedro, João e Tiago.
  3. Elias sentiu cansaço (I Rs 18:46) Elias enfrentou luta, exaustão, tensão no monte Carmelo; depois, no fim do dia, correu 25 km adiante Acabe (I Rs 18:46).
    Podemos imaginar como ele chegou completamente exausto! Muitas vezes, apesar de ter experimentado vitória em nosso serviço para o Senhor, quando estamos exausto fisicamente Satanás aproveita para nos derrubar.
  4. Elias enfrentou perigo físico (I Rs 19.2) “e procuram tirar-me a vida” (I Rs 19:14).
    Jezabel ameaçou matá-lo. Mas eu não acredito que ela faria isso – ela não daria um dia de aviso – teria mandado soldados na hora para prendê-lo, em vez de enviar um mensageiro. Ela não teria coragem porque o povo agora estava ao lado dele. Entretanto era uma situação difícil para Elias.

POR ISSO ENTENDA ALGO
Esse tipo de situação NÃO desqualifica você de jeito nenhum.
Na verdade isso só mostra que você é uma pessoa normal e é sinal de que você foi forte durante muito tempo e agora o seu corpo já não consegue mais. Foi o que aconteceu com Elias.


Foram tantas pressões durante tanto tempo que ele chegou no fim dele mesmo.

A AMEAÇA DE JEZABEL FOI APENAS A ÚLTIMA GOTINHA DE ÁGUA
Agora tem um detalhe muito precioso nos versículos 5 e 6: “Deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis que um anjo o tocou e lhe disse: Levanta-te e come. Olhou ele e viu, junto à cabeceira, um pão cozido sobre pedras em brasa e uma botija de água.”.

Repare que mesmo sem seguir a direção de Deus, em momento nenhum o Senhor abandonou Elias.

PELO CONTRÁRIO, NESSA PASSAGEM NÓS LEMOS QUE UM ANJO VEIO E TROUXE ÁGUA E COMIDA PARA ELE 
Deus não abandonou Elias e Ele também não vai te abandonar não importa o que aconteça com você. Essa é a graça de Deus.
Têm pessoas que acham que o Senhor estará com eles somente enquanto eles estiverem no caminho certo, fazendo as coisas certas e que se por acaso eles saírem desse caminho o Senhor os abandona.

ISSO NÃO ACONTECE
A própria Palavra de Deus faz questão de dizer que se você estiver nas mais altas montanhas o Senhor vai estar lá com você. E se você estiver no mais profundo abismo Ele também estará lá.

Nos primeiros versos do Salmo 23 nós vemos o Senhor nos conduzindo para águas de descanso, para pastos verdejantes, pelas veredas de justiça. E essa realmente é a vontade de Deus para a sua vida.

Só que no verso 4 nós encontramos o seguinte: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.”.

Perceba que aqui já não é mais Deus quem está conduzindo.

A BÍBLIA DIZ “AINDA QUE EU ANDE” PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE
Então não é Deus quem nos conduz para o vale da sombra da morte, somos nós que vamos para lá por algum motivo, por conta de alguma escolha errada que nós fazemos.

Todavia, Davi fala algo muito poderoso aqui, ele diz que ainda que ele ande pelo vale da sombra da morte, ele não temeria mal nenhum porque o Senhor estaria com ele.

Elias estava no vale da sombra da morte. Ele foi para lá sem Deus mandar.

INCLUSIVE A SITUAÇÃO ERA TÃO GRAVE QUE ELIAS PEDIU A DEUS PARA MORRER 
Mas o que foi que aconteceu nesse vale da sombra da morte?
Deus estava lá para cuidar de Elias. E assim é com você.
Onde você estiver, não importa o vale da morte que você esteja passando, independente da decisão que você tomar na sua vida, o Senhor estará lá do seu lado, para te alimentar, para te ajudar e principalmente para te trazer de volta para o caminho da justiça.
Uma outra coisa que nós aprendemos nessa passagem é o que nós devemos fazer quando não estamos bem.

E na verdade a Bíblia nos mostra que Deus fez duas coisas com Elias:
a) Primeiro o Senhor alimentou Elias com Pão e Água. Pão e a água na Bíblia são símbolos da própria Palavra de Deus.
Por isso, o que a Bíblia está nos ensinando aqui é que nos dias difíceis nós precisamos correr para o Senhor, para a Palavra dEle e nos alimentar dela (Jesus disse em
Mateus 4:4 que não só de pão viverá o homem mas de toda Palavra que procede da boca de Deus.
Quando Jesus disse isso, Ele estava passando por uma pressão muito grande. Ele estava há quarenta dias sem comer no deserto, sendo tentado pelo diabo, e o que foi que sustentou Ele lá?
A Palavra de Deus. Porque Ele estava cheio da Palavra). ESSA FOI A PRIMEIRA COISA QUE O SENHOR FEZ, ALIMENTOU ELIAS.

b) E em segundo lugar nos momentos de dificuldade nós não podemos ficar sozinhos (I Reis 19:7-18). Depois que Elias saiu do deserto, a Bíblia diz que ele caminhou durante quarenta dias sem comer e sem beber, foram cerca de 300km (e isso não tem explicação, foi algo totalmente sobrenatural) até chegar numa caverna (que ficava no monte Horebe que foi o mesmo monte em que Moisés havia recebido as leis de Deus 400 anos antes).

Então, nessa caverna Elias descansou, dormiu, comeu pão, bebeu água e ele disse algo bem interessante para Deus no verso 10: “Ele respondeu: Tenho sido zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida.”.

Em outras palavras o que Elias estava falando aqui é que ele estava sozinho, que não tinha mais ninguém que ele podia contar.

Muitas vezes essa é a mesma atitude que nós temos nos momentos de dificuldade. Nós nos queixamos com Deus “Senhor eu estou sozinho, ninguém se preocupa comigo. Ninguém quer saber de mim. Não tem ninguém para me ajudar.”.

ESSA É UMA TENDÊNCIA QUE NÓS TEMOS
Mas olha só qual foi a resposta que Deus deu para Elias a partir do versículo 15:
“Disse-lhe o SENHOR: Vai, volta ao teu caminho para o deserto de Damasco e, em chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria. A Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei sobre Israel e também Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar. Quem escapar à espada de Hazael, Jeú o matará; quem escapar à espada de Jeú, Eliseu o matará. Também conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que o não beijou.”.

O Senhor fez questão de mostrar para Elias que ele não estava só, ou seja, ainda tinham 7 mil em Israel que estava do lado dele).

E EU TENHO CERTEZA QUE DEUS TAMBÉM QUER MOSTRAR ISSO PARA VOCÊ HOJE: “Você não está sozinho. Por mais que você não consiga enxergar, você está cercado por pessoas que se preocupam sim com você, que amam sim a sua vida.”. Jamais se esqueça disso.

Uma outra tendência que nós temos quando estamos mal é de nos afastar das pessoas.
Nós queremos ficar sozinhos.
Nós não queremos ver ninguém.
Não temos vontade de ir para a reunião de célula, não temos vontade de ter comunhão com os irmãos, de vir no culto.

FOI ASSIM COM ELIAS 
Ele foi para o deserto para ficar só, ele não queria ver ninguém na frente dele.

TODAVIA, ESSA NÃO É A ATITUDE QUE DEUS ESPERA DE NÓS
Porque quando nós estamos sozinhos nós viramos presas fáceis para o diabo vir e fazer o que ele sabe fazer de melhor que é matar, roubar e destruir.
Por isso, mesmo sem vontade busque ajuda, fique perto de pessoas que vão ser benção de Deus na sua vida.
Procure o seu líder, procure um irmão da célula, procure o pastor.

Veja o exemplo do próprio Senhor Jesus, em um dos momentos mais difíceis da vida dEle aqui na terra aconteceu horas antes dEle ser preso. Ele estava tão angustiado, estava debaixo de tanta pressão que Ele suou sangue lá no Jardim do Getsêmani.

SÓ QUE TEVE UM DETALHE MUITO IMPORTANTE NISSO TUDO: Jesus não ficou sozinho. Ele não se entregou a angústia e a pressão.

Se você for ler a história você vai perceber que Jesus fez questão de levar os três discípulos mais próximos que eram Pedro, Tiago e João. Você não tem que sofrer sozinho, você não tem que passar por essa situação sozinho.

Deus colocou pessoas na sua vida não foi só para os dias bons de churrasco. Mas para você se apoiar e se sustentar nelas nos dias de dificuldade.

A BÍBLIA DIZ EM COLOSSENSES 3:13 “Suportai-vos uns aos outros”. Esse suportar não é um suportar de tolerar uma pessoa que você não se dá bem. Esse suportar é de ajudar mesmo. É de um ser suporte na vida do outro.

E por fim uma outra experiência que Elias teve foi a de gerar discípulos para o Senhor. Voltando no versículo 3 diz o seguinte: “Temendo, pois, Elias, levantou-se, e, para salvar sua vida, se foi, e chegou a Berseba, que pertence a Judá; e ali deixou o seu moço.”.

Olha só o que está escrito aqui, que antes de Elias fugir para o deserto ele deixou um moço na cidade de Berseba (ANTES DISSO, INCLUSIVE, NO FINAL DO CAPÍTULO 18, QUANDO ELIAS ESTAVA ORANDO PARA CHOVER, A BÍBLIA DIZ QUE ELE ORAVA E PEDIA PARA O MOÇO IR OLHAR O CÉU). Ou seja, Elias tinha alguém que o acompanhava nas suas missões. Ele não caminhava sozinho. Ele tinha um discípulo do seu lado. Inclusive alguns teólogos dizem que esse moço aqui era na verdade aquele jovem filho da viúva de Sarepta que ele tinha ressuscitado.

Avançando para o versículo 19 está escrito o seguinte: “19 Partiu, pois, Elias dali e achou a Eliseu, filho de Safate, que andava lavrando com doze juntas de bois adiante dele; ele estava com a duodécima. Elias passou por ele e lançou o seu manto sobre ele. 20 Então, deixou este os bois, correu após Elias e disse: Deixa-me beijar a meu pai e a minha mãe e, então, te seguirei. Elias respondeu-lhe: Vai e volta; pois já sabes o que fiz contigo. 21 Voltou Eliseu de seguir a Elias, tomou a junta de bois, e os imolou, e, com os aparelhos dos bois, cozeu as carnes, e as deu ao povo, e comeram. Então, se dispôs, e seguiu a Elias, e o servia.”.

Nessa outra passagem nós encontramos uma direção de Deus para Elias. O Senhor mandou Elias ungir algumas pessoas e no meio delas estava Eliseu (Que deveria ser ungido justamente como profeta no lugar dele).

NA VERDADE ESSA É UMA DAS PRINCIPAIS FUNÇÕES DE UM CRISTÃO 
Por exemplo: se você é um pastor, o seu encargo deve ser de gerar outros pastores; se você é discipulador o seu encargo deve ser de gerar outros discipuladores; se você é líder de um PG "Pequeno Grupo" outros líderes de Pequenos grupos; se você é membro seu encargo deve ser gerar outros membros.

Está escrito assim em Mateus 28:19-20: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.”.

Essa daqui foi uma das últimas instruções que o Senhor Jesus deu para os Seus discípulos e olha só o que Ele falou “Ide por todo o mundo e fazei discípulos de todas as nações”. Fazer discípulos é você passar aquilo que você tem para outra pessoa.

E ISSO FOI ALGO QUE ELIAS SOUBE FAZER MUITO BEM PRINCIPALMENTE NA VIDA DE ELISEU
Eliseu se tornou um grande profeta e fez ainda mais coisas do que Eliseu. Ele curou enfermos, ressuscitou mortos, multiplicou pães, multiplicou azeite, ele fez o dobro dos milagres que Elias fez.

Mas, como ele fez isso?
Como foi que Eliseu conseguiu chegar lá?
Porque ele teve Elias que investiu na vida dele.

TUDO O QUE ELISEU APRENDEU FOI ELIAS QUE ENSINOU 
Você também pode ser um Elias na vida de alguém. Você também pode ter essa experiência de ser usado por Deus para trazer propósito e sentido na vida de alguém, para marcar a vida de alguém e quem sabe até levar esse alguém a alcançar lugares que você nunca alcançou.

Esse é o desejo de Deus para você: Ele transformou a sua vida para que outros possam ser transformados através de você.

Nós podemos nos identificar com a história de Elias de várias maneiras.
Talvez, você tem experimentado do milagre do Deus ou talvez você tem estado frustrado com alguma coisa, com um coração pesado, querendo ficar sozinho, debaixo de muita pressão.

Entenda que ainda tem muita coisa que Deus quer fazer EM você e ATRAVÉS de você em nome de Jesus. Você não está só.

Você não precisa enfrentar essa situação sozinho. Lembra de quando Deus fez chover novamente em Israel?

Elias disse algo bem interessante para o rei, ele disse que ouvia som de abundante chuva.

Em outras palavras, Deus não somente fez chover, Deus fez chover com abundância. E esse é o nosso Deus, um Deus de abundância.

Um Deus de vida abundante. Um Deus de milagres abundantes, de restauração abundante, de paz e alegria abundantes, de prosperidade abundante, de curas em abundância.

O Senhor virá com abundância sobre a sua vida em nome do Senhor Jesus e você será completamente restaurado assim como Elias foi.

Um grande abraço, e até a próximo Culto de ENSINO AD Shalom, quando estarei ministrando sobre "ELIAS, GENTE COMO A GENTE - Parte 4"

“Que o SENHOR JESUS te ABENÇOE e te GUARDE, que o SENHOR JESUS faça RESPLANDECER o seu ROSTO em ti, e tenha MISERICÓRDIA de ti, que o SENHOR JESUS se LEVANTE ao teu FAVOR, e te dê a PAZ e a PROSPERIDADE” (Nm 6:24-26).

Seu irmão em Cristo, Pr. Francisco Miranda
- Esposo da Missionária Izabel Miranda(1998), pai de Lucas Estevão(2000), Mateus(2004) e Luiz Gabriel Miranda(2008).
- Fundador e professor mestre do IBI “Instituto Bíblico Internacional” e da Plataforma de Desenvolvimento Pessoal, Profissional e Ministerial, mais conhecida como Teologia24horas.
- Pastor vice presidente e Superintendente de Educação Cristã na AD Shalom "Assembleia de Deus Shalom" Ministério de Madureira, em Palmas/TO., tendo como Pastores Presidentes: Pr. Hermes Vieira Netto e Prª Ezir Batista Vieira, que tem sido instrumentos de Deus na formação do meu caráter pessoal, familiar e ministerial.
- Membro do Conselho de Educação Cristã da CONEMAD/TO "Convenção Estadual das Assembleias de Deus Ministério de Madureira no Estado do Tocantins", tendo como Pastor Presidente: Pr. Amarildo Martins da Silva.

Compartilhe em suas redes sociais

Endereço

ARSE 81 "804 Sul" Alameda 14 Lote 10 - Palmas - Tocantins - Brasil

Siga-nos

Prover ® 2021. Todos os direitos reservados.